sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

MANIFESTAÇÃO CONTRA A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO

20/01/ 08 - 13HS - SÃO PAULO /SP

Manifestação com a presença de D. Cappio em frente à Igreja de São Judas.
(Av. Jabaquara, 2682 - próximo ao metrô São Judas)

14 horas - O bispo celebrará missa na Igreja.

Contra a transposição do São Francisco!

Estamos com D. Cappio neste dia 20/01

Comitê paulista contra a transposição do rio São Francisco: Fórum das Pastorais Sociais da Arquidiocese de São Paulo - Sefras (Serviço Franciscano de Solidariedade) - Conlutas (Coordenação Nacional de Lutas) - Intersindical - MRNV ( Movimento Revolução Não-Violenta), Abra (Associação Brasileira de Reforma Agrária) - Plínio de Arruda Sampaio - Sindicato dos Bancários da Baixada Santista e região - Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de SP (Sintrajud) - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de SP (Sinsprev) - mandato popular do deputado estadual Raul Marcelo - mandato popular do deputado federal Ivan Valente - PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) - PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) - CEBs (Comunidades Eclesiais de Base da Arquidiocese de São Paulo) - PCB(Partido Comunista Brasileiro) - PH (Partido Humanista do Brasil) - Refundação Comunista.

Neste dia 20 de janeiro estaremos juntos com D. Luiz Flávio Cappio em mais um ato contra a transposição do rio São Francisco. Nos somamos a essa luta porque a população brasileira precisa saber que a alteração do curso das águas promovida pelo governo Lula tem como verdadeiro objetivo beneficiar grandes exportadores da região nordeste do país. Criadores de camarão, plantadores de algodão colorido e empreiteiros é que vão se dar bem com essa obra que vai tirar bilhões de reais das áreas sociais.

Como bem disse o bispo ao encerrar uma segunda jornada de greve de fome, "o governo Lula morreu, estamos no governo Inácio da Silva". Um governo que foi eleito e reeleito pelo povo, mas se somou ao projeto das elites desde o início do primeiro mandato.

A transposição já consumiu 370 milhões de reais dos cofres públicos. Até 2010, o governo pretende gastar 5 bilhões nessa obra, a maior parte para o pagamento de empreiteiras privadas. A propaganda de que a transposição levará água àqueles que morrem de sede no Nordeste é mais uma enrolação. Apenas 5% da superfície do semiárido será atingida pela obra. Nenhuma das barragens da região do Seridó, por exemplo, onde o quadro das secas é mais acentuado no Rio Grande do Norte, receberá as águas da transposição. É a indústria da seca moderna.

Por isso, contamos com a sua presença neste ato, em defesa da sobrevivência do rio São Francisco e do povo que dele precisa. Diga não à transposição.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Partido? Então cadastre-se para receber boletins virtuais por Email ou RSS. Não gostou? Entre em contato e sugira uma pauta. * Deixe aqui suas opiniões e comentários.

 

Acompanhar este Blog

Blog do PH Copyright © 2009 Blog desenvolvido por AgenciaDigital.Org