segunda-feira, 28 de março de 2011

Contra o fechamento do curso de Obstetricia da Usp Leste!

Olá amigos,

Estamos apoiando as ações contra o fechamento do Curso de Obstetricia e as reformas da Usp que estão sendo feitas na Universidade de SP.

Abaixo envio um posicionamento nosso sobre o assunto que esta também no nosso site.

Enviamos também o abaixo assinado virtual que esta circulando para quem possa colaborar com sua assinatura.

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/8452

Um abraço a todos!
Samuel

Contra o fechamento do curso de Obstetricia da Usp Leste!

Pela a assistência Humanizada da Mulher, contra o fechamento do curso de Obstetricia e as reformas na Usp!



O Partido Humanista do Brasil manifesta seu apoio ao curso de de Obstetrícia da Escola de Artes e Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo – EACH-USP e repúdia à intenção da direção da Universidade de São Paulo (USP) em diminuir vagas ou fechar o curso de Obstetrícia no Campus Leste da Universidade.

O fechamento do curso de graduação em Obstetrícia da USP representa um grande retrocesso quanto à humanização do atendimento às mulheres no Brasil. O curso da USP é o único em todo o país, que tem uma elevada taxa de cesáreas (48% de cesáreas na rede pública e dos absurdos 70% às inimagináveis 90% na rede particular). A Organização Mundial de Saúde recomenda que o número de cesáreas não ultrapasse os 15%.

Também apoiamos a valorização da profissão de Obstetriz(es) e sua inserção no mercado de trabalho por acreditarmos que isso significa alavancar uma assistência humanizada na saúde da mulher, melhorando e ressignificando os processos de gestação, parto e pós-parto. O curso de Obstetrícia trabalha diretamente com a atenção especializada no atendimento à mulher e suas patologias e carências especificas que não correspondem ao sistema hospitalar vigente.

A reforma que esta em andamento na USP Leste faz parte de um projeto dentro da instituição que visa o encerramento de alguns cursos e a diminuição de vagas dos cursos considerados com "baixo impacto social". Claramente tal “reforma” busca atender aos ditames do Mercado e não tem em conta a real necessidade do povo brasileiro.

Os cursos que são normalmente depreciados pela iniciativa privada - como as licenciaturas - serão seriamente comprometidos dentro da lógica que a direção da USP vem tocando essa "reforma".

Essas decisões que influem no destino dos estudantes e da Universidade também estão sendo tomadas arbitrariamente, sem nenhum tipo de participação da comunidade universitária, e a ausência de diálogo por parte dos gestores da USP é também o retrato do descaso e do desprezo ao nosso povo.



Os interesses econômicos são colocados por cima de questões essências como a saúde e o atendimento especializado a mulher. Também é de se questionar a direção de uma Universidade Pública que cede a pressão de grupos ligados ao setor privado da saúde no nosso país.



O PH presta solidariedade e se dispõe a apoiar totalmente as ações que estão sendo levadas contra o fechamento do curso de Obstetrícia e também contra a reforma que está sendo realizada na USP.



Partido Humanista do Brasil - São Paulo

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Partido? Então cadastre-se para receber boletins virtuais por Email ou RSS. Não gostou? Entre em contato e sugira uma pauta. * Deixe aqui suas opiniões e comentários.

 

Acompanhar este Blog

Blog do PH Copyright © 2009 Blog desenvolvido por AgenciaDigital.Org